Técnicas de dardo

Técnicas de dardo fundamental:

Há uma série de maus hábitos nas técnicas de lançamento de dardos que devem ser evitados durante o jogo. Estes não reduzem apenas a eficiência; Eles também trazem dores no corpo e defeitos de postura de longo prazo:

• Técnicas de Arremesso de Dardo-1. Uma ligeira inclinação pode ser boa, mas é errado acreditar que a inclinação para a linha de lançamento para se aproximar da prancha cria uma vantagem. Este mau hábito apenas reduz a estabilidade de um jogador. Uma boa postura de arremesso envolve os pés e pernas posicionados em uma postura sólida, confortável e relaxada. O peso deve ser distribuído para os dois pés. No caso da inclinação, a maior parte do peso do corpo é distribuída para apenas um dos pés. Em partidas longas, o jogador se cansa. Assim, a precisão e a eficiência dos lançamentos são afetadas. Além disso, testemunhos de jogadores de dardo de longa data provaram os efeitos negativos deste mau hábito. De pé sobre um pé enquanto o jogo está causando dor nas costas, joelho, tornozelo e pé.

• Técnicas de Arremesso de Dardo 2. Não segure o dardo lateralmente ou em qualquer outra posição além do nível e aponte para a prancha. Anos de estudos em esportes provaram que boa habilidade significa ser capaz de fazer o mesmo movimento exatamente da mesma maneira. É por isso que é recomendado evitar qualquer movimento não essencial.

• Técnicas de Arremesso de Dardo-3.Darts não são bolas de baseball. Portanto, eles não devem ser jogados da maneira como as bolas de beisebol são lançadas. Fazer isso não é apenas desnecessário, também é perigoso. A potência excessiva do lançamento só danificaria os fios da placa. Isso também pode fazer com que o lançamento saia do controle. Arremessar dardos como bolas de beisebol usa os principais músculos de força. Ao passo que o que é necessário para o jogo são os músculos de controle dos braços e da mão.

• Técnicas de Arremesso de Dardo-4.Lunging é outro mau hábito a ser evitado. É o levantamento do pé de trás do chão durante um lançamento. As mangueiras que cometem esse mau hábito provavelmente acreditam que podem fazer lances mais difíceis ao fazê-lo. O pulmão afeta negativamente todo o corpo e o lançamento. Isso provoca desequilíbrio durante o momento crucial de seguir lançar. A força que move os dardos para a prancha é idealmente fornecida apenas pelos dedos, pulso e antebraços. Raramente é verdade que perder a placa ou atingi-la muito baixa pode ser solucionado com o aumento da potência de lançamento. Precisão e acompanhamento são mais importantes.

• Técnicas de Arremesso de Dardo-5. Dardos de tiro são uma ocorrência natural. Os jogadores não necessariamente induzem a rotação. Portanto, é aconselhável que os jogadores não façam esse esforço inútil de girar os dardos ao serem arremessados. O dardo deve deixar a mão quase simultaneamente para garantir vôo nivelado. Fazê-lo girar apenas contradiz esta diretriz.

Inquérito e Feedback